24 jul
Crítica Literária de Lúcia Facco

“Mira-Olho é um texto escrito de maneira agradável e fluente, com construções eficientes, expressivas e criativas.”


Do simbolismo à realidade (por Lúcia Facco)

Mira-Olho dá voz à crítica

Mira-Olho é um texto escrito de maneira agradável e fluente, com construções eficientes, expressivas e criativas.

Theodore tem um dom especial, mas, para se adaptar à sociedade, acaba usando óculos que o anulam. Diante dessa situação, ele viverá diversos problemas, tendo sua vida engolida por vaidades, superficialidades e orgulho, tornando-se uma pessoa vazia.

Mira-Olho é uma narrativa que apresenta um interessante simbolismo contido nos “óculos mágicos”. A autora explora muito bem a questão da dificuldade que a sociedade tem de aceitar indivíduos, com capacidade de enxergar as pessoas como realmente são, em seu íntimo.

Bela obra que trata, antes de tudo, da incapacidade de se compreender e aceitar o “diferente”.

Lúcia Facco, crítica literária.

É graduada em Letras (Português-Francês), especialista e mestre em Literatura Brasileira, doutora em Literatura Comparada pela Universidade do Estado Rio de Janeiro (UERJ), crítica literária e escritora. Tem várias publicações técnico-científicas, além de livros de ficção.

Fonte do Artigo

Comentários desabilitados.

Follow me
Itaciara Poli © 2012 works cannot be reproduced or used in any form without express permission.